Curitiba: 41 3322-5885 | Canoas: 51 3286-0019 | Salvador: 71 3342-0867
A entrega do empreendimento e a primeira gestão
A entrega do empreendimento e a primeira gestão

Para auxiliar síndicos e construtoras, advogada cria consultoria no segmento de condomínios

Após a entrega do empreendimento e instalação do condomínio inicia a gestão do novo síndico, o que exige conhecimento, pois o primeiro ano demanda muitos ajustes e cuidados para o sucesso do empreendimento.

A assembleia geral de instalação (AGI) é o primeiro passo para o início da vida condominial. É a partir dela que os representantes legais são eleitos e se aprova uma previsão orçamentária para rateio das despesas do condomínio. A convenção é apresentada pela construtora e nada impede que os condôminos tomem ciência deste documento com antecedência, desta forma poderão ver as clausulas e optar pelas alterações que julgarem convenientes para o condomínio. As alterações poderão ser feitas já na primeira assembleia caso constarem no edital de convocação.

Na AGI (Assembleia Geral de Instalação) é feita a escolha do primeiro síndico e do Conselho Consultivo e/ou Fiscal, além de aprovar a taxa condominial com base na previsão orçamentária. Todos os assuntos da primeira assembleia devem constar no edital de convocação entregue pela construtora aos moradores.

A previsão orçamentária deve ser feita dentro da realidade do condomínio, e pode acontecer que depois de alguns meses, os assuntos decididos na primeira assembleia possam mudar. Neste caso, é possível convocar uma nova assembleia para fazer uma reavaliação desta previsão orçamentária inicial.

Deve ser entregue também ao síndico eleito o cadastro dos moradores com todos os dados de contato para que na entrada dos moradores se tenha mais controle no agendamento das mudanças.

Sindico eleito, e agora?
Neste momento aparecem muitas demandas importantes para a primeira gestão do condomínio e devem ser seguidas pelo novo síndico, entre elas: a escolha dos funcionários e montagem das equipes de trabalho, seleção das empresas prestadoras de serviço, aquisições de bens, utensílios e equipamentos necessários para montar o enxoval do condomínio, caso estes já não tenham sido entregues junto com o empreendimento. Em paralelo a estas demandas existem aspectos muito importantes e que compõe o recebimento do empreendimento pelo sindico que são: o ato da entrega do empreendimento e a primeira vistoria do imóvel, o recebimento de toda a documentação administrativa, checklist dos equipamentos recebidos e verificação de prazos de garantias.

Mas como fazer isso de forma correta? A advogada Erica Faerber há nove anos exercendo a função de síndica profissional em empreendimentos de alto padrão na cidade de Balneário Camboriú, presenciou as dificuldades encontradas por profissionais que assumem pela primeira vez a gestão e presta serviço de consultoria voltado para construtoras e síndicos de primeira gestão.

Advogada Erica Faerber

A advogada Erica Faerber exerce a função de síndica profissional em empreendimentos de Balneário Camboriú

Para tanto, a proposta é acompanhar os últimos 60 dias da entrega do empreendimento e nos primeiros 30 a 60 dias da eleição do síndico em assembleia. “Tratase da fase mais complexa para os síndicos, pois a função exige muitas demandas como vistoria de recebimento do condomínio, documentação, contratação de funcionários, montagem de equipe, patrimônio do condomínio, entre outras”, destaca a advogada.

Em se tratando das construtoras, ela lembra que o propósito da consultoria é evitar desgastes entre a construtora e o condomínio.

Buscando dar apoio ao gestor, Erica cita quatro passos que considera importantes e que merecem a atenção do síndico, que tanto pode ser morador do prédio, profissional ou a própria construtora.

Principais itens que devem ser observados pelo síndico:

1º passo: Entrega do empreendimento

Fazem parte da documentação administrativa:

Documentação Técnica:

Segundo Erica, é fundamental que a vistoria seja bastante criteriosa. “Este é justamente o momento de questionar a construtora a ocorrência da falta de algum item, por isso a importância da vistoria ser na semana seguinte à entrega do empreendimento”, salienta. A consultora também sugere que as construtoras possam prever em seus projetos uma sala para a administração e para o setor responsável pela limpeza do condomínio. “Independentemente do tamanho ou padrão do condomínio, um local onde o síndico possa armazenar documentos, onde ele possa prestar atendimento aos condôminos e desenvolver seu trabalho, e também uma sala para o trabalho do pessoal de limpeza. O síndico e os funcionários são o coração do prédio, são eles que fazem tudo funcionar. Essa duas linhas são literalmente esquecidas pelas construtoras”, diz.

2º passo: Manutenções

3º passo: Metodologia

4º passo: Regimento interno

A entrada dos novos moradores

Fonte: http://condominiosc.com.br/

Portal Curitiba

Endereço: Rua Riachuelo, 31, Cj 1201, Centro - CEP: 80020-250

Tel/Fax: (41) 3322-5885

E-mail: contato@portalcobrancas.com.br


Portal Canoas

Endereço: Rua Domingos Martins, 261, Sala 202, Centro - Canoas - RS

Tel/Fax: (51) 3032-4099

E-mail: contato@portalcobrancas.com.br

Portal Salvador

Endereço: Rua Alceu Amoroso Lima, 470, 11º andar, conj. 1106. CEP: 41820-770

Tel/Fax: (71) 3342-0867

E-mail: contatosalvador@portalcobrancas.com.br

Desenvolvido por Seens Tecnologia da Informação