Curitiba: 41 3322-5885 | Canoas: 51 3286-0019 | Salvador: 71 3342-0867
Construtoras apostam em projetos que privilegiam a proteção dos moradores

Projetos inteligentes e compatibilizados são a solução encontrada para possibilitar mais segurança. Especialistas consideram o investimento pequeno se comparado com o retorno

Portão de garagem de condomínio, com câmeras de vídeo, reforça o controle de entradas e saídas (Eduardo de Almeida/EM/D.A Press)

Portão de garagem de condomínio, com câmeras de vídeo, reforça o controle de entradas e saídas

A segurança é a segunda maior preocupação do brasileiro, de acordo com a Pesquisa CNI-Ibope Retratos da Sociedade Brasileira: Segurança Pública, realizada a pedido da Confederação Nacional da Indústria (CNI). O quesito perdeu apenas para a saúde. Mas quando o assunto é a escolha de um imóvel, muitas vezes o item é fator decisivo, pesando mais até do que localização e tamanho. A pesquisa apontou que, entre os entrevistados, 45% aumentaram os cuidados com segurança em três anos (entre 2009 e 2011). Os hábitos também foram modificados devido à violência – 52% optaram por colocar grades, cadeados ou trancas em sua residência.

Foi justamente a segurança que o empresário Fernando Duran considerou mais importante na hora de comprar uma cobertura no Bairro Vila da Serra, em Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. “O imóvel tem uma estrutura de segurança completa, com sistema de câmeras com monitoramento e porteiro 24 horas. Esse item, aliado à localização e à infraestrutura (áreas de lazer), fazem uma moradia ser mais confortável e tranquila.”

Para atender a necessidade dos compradores, construtoras e incorporadoras investem cada vez mais em projetos que têm como diferencial a segurança. Segundo o gerente de comunicação da Conartes Engenharia, Thiago Xavier Gonçalves, a demanda dos clientes faz com que haja a necessidade de adaptação dos projetos frente ao que há de mais moderno na área. “Hoje, podemos dizer que grande parte dos compradores opta pelo empreendimento pelo conjunto segurança, conforto e localização”, observa.

“O imóvel tem estrutura completa, com monitoramento 24 horas”, Fernando Duran, empresário

De acordo com o diretor da Greenvalle Construtora Luiz Jorge Ribeiro, a segurança do morador é um dos itens primordiais na hora de fechar o negócio. “Viver com tranquilidade no lugar em que se mora é o sonho de qualquer pessoa. Simples ações, como chegar e sair de casa a pé ou de carro, sem segurança, podem ser um transtorno para o morador. Ter controle das pessoas que entram no prédio também é fundamental. A vida fica mais leve quando conseguimos dormir sem essas preocupações.”

TECNOLOGIA É GRANDE ALIADA

Em se tratando de segurança condominial, é preciso se manter atualizado com as tendências e evoluções tecnológicas, conforme o diretor da Greenvalle Construtora, Luiz Jorge Ribeiro. “Nesse mercado não existe meio-termo. Ou você oferece  o que há de melhor ou fica para trás”, diz. Um exemplo desse investimento feito pela Greenvalle é a instalação de interfones com vídeos nos apartamentos para se ter a visão de quem está chamando.

Com a experiência de quem aposta em segurança desde 2004, quando a Greenvalle iniciou suas atividades, Ribeiro afirma que o investimento nesse quesito é relativamente baixo quando se pensa no seu retorno. “A construtora faz tudo em parceria com grandes fornecedores e não é diferente nos sistemas de segurança”, explica.

Thiago Xavier, gerente de comunicação da Conartes, confirma que o aporte financeiro aplicado em segurança vale a pena, principalmente comparado ao que representa percentualmente no valor total da construção. “O investimento para instalação de um bom sistema de segurança é relativamente pequeno: abaixo de 1% do valor da obra”, indica.

Guarita é um dos itens fundamentais em qualquer empreendimento (Eduardo de Almeida/EM/D.A Press)

Guarita é um dos itens fundamentais em qualquer empreendimento

E a preocupação com a segurança vai muito além do alarme ou do sistema de monitoramento de câmeras e é, cada vez mais, ampliados para todos os espaços dos empreendimentos. “Nesse quesito, a evolução da tecnologia é a maior aliada da construção civil. Alternativas como elevadores codificados, vidros blindados e área confinada para identificação de visitantes entram na lista de itens adotados pela Conartes para reforçar a segurança”, informa Xavier.

Para escolher o que será utilizado, ele diz que a empresa se mantém atenta às mudanças e novidades no mercado. “A equipe de produção da Conartes está antenada no que há de mais moderno, em visitas constantes a feiras e expositores nacionais e internacionais do assunto, para avaliação. Todas as novidades são avaliadas sob o ponto de vista da relação custo/benefício.”

Esse esforço é essencial para atender a demanda de boa parte dos clientes das construtoras. No caso da Conartes, Xavier afirma que 90% deles querem se aprofundar mais em detalhes do sistema de segurança. “Eles se preocupam com isso e um bom sistema de segurança é garantia de tranquilidade e qualidade de vida para toda família que ali irá residir. Sua segurança é levada a sério, principalmente por um público mais visado, que é justamente o da classe A.”

Assim, os projetos são compatibilizados, sendo concebidos sob a ótica da segurança, conforme Xavier. “São inteligentes, pensados sob a rotina de um condomínio, de forma a traçarmos as possíveis fragilidades. Por exemplo: a guarita blindada tem uma clausura em que um entregador entra e tem acesso a um tipo de bandeja de acesso entre a guarita e essa clausura, sem necessidade de nenhum tipo de contato físico, o que potencializa e muito a segurança”, explica.

Na concepção de seus projetos, Xavier conta que a Conartes segue as principais orientações do Manual de Segurança Patrimonial do Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Residenciais e Comerciais de São Paulo (Secovi-SP), que teve na sua elaboração o apoio da empresa israelenses Haganá, especializada em serviços de vigilância e segurança estratégica em condomínios. “Esse manual dá as diretrizes sobre a segurança em condomínios, como a disposição da guarita, a utilização de câmeras de segurança, bem como exemplos de situações.”

MANUTENÇÃO É importante reforçar que de nada adianta uma construtora oferecer um empreendimento com um eficiente sistema de segurança se o condomínio não souber operacionalizá-lo, definindo diretrizes e regras de segurança e acesso ao empreendimento, como ressalta Xavier. Como, por exemplo, um bom treinamento aos porteiros, definindo regras para liberar o acesso à garagem, a pessoas, visitantes etc.

Além dessa questão do dia a dia, a manutenção periódica de todo o sistema, com testes nas câmeras de segurança, se as gravações estão sendo realizadas de forma correta, se a proteção perimetral está realmente funcionando, entre outros, é essencial. “Tudo isso é de suma importância”, ressalta Xavier.

 (Eduardo de Almeida/EM/D.A Press)

Última geração

No caso das manutenções, fica a cargo do condomínio providenciar sua realização. “Cada item/sistema tem uma manutenção específica. É importante o condomínio ter contrato com empresas de segurança para garantirem esse serviço, que deve ser periódico.”

Confira alguns dos mais modernos e eficazes itens de segurança adotados em condomínios

» Guarita com vidros blindados: vidros blindados Classe 2 – suportam tiros de armas como 357 Magnum JSP e 9mm FMJ. A tecnologia empregada é sobreposição de vidro com lâminas de policarbonato, além de outras camadas de diferentes produtos, sendo o processo chamado de laminação. Após essa união de camadas, tem-se um vidro, que não deixa de ser transparente, mas com resistência muito superior ao do vidro comum.

» Área confinada: os edifícios são contemplados com área confinada para identificação de visitantes e acesso a produtos sem contato, por meio de uma espécie de gaveta, entre o entregador e o porteiro, por meio da guarita.

» Elevadores: Segurança codificada e tecnologia bio pass, que libera o acesso por meio das digitais cadastradas para acesso a cada apartamento, garantindo segurança e acesso apenas para pessoas devidamente credenciadas.

» Proteção perimetral: além de muro com altura que varia, em média, de dois a quatro metros, existem sensores de infravermelho que acionam alarmes na detecção de movimento perimetral ou cerca eletrificada.

Fonte: Conartes

Portal Curitiba

Endereço: Rua Riachuelo, 31, Cj 1201, Centro - CEP: 80020-250

Tel/Fax: (41) 3322-5885

E-mail: contato@portalcobrancas.com.br


Portal Canoas

Endereço: Rua Domingos Martins, 261, Sala 202, Centro - Canoas - RS

Tel/Fax: (51) 3286-0019

E-mail: contato@portalcobrancas.com.br

Portal Salvador

Endereço: Rua Alceu Amoroso Lima, 470, 11º andar, conj. 1106. CEP: 41820-770

Tel/Fax: (71) 3342-0867

E-mail: contatosalvador@portalcobrancas.com.br

Desenvolvido por Seens Tecnologia da Informação