Curitiba: 41 3322-5885 | Canoas: 51 3286-0019 | Salvador: 71 3342-0867
Dedicação em ajudar condôminos

O cravinhense Sebastião Silvestre Moraes Filho, 54 anos, trabalha no ramo há mais de 10 anos, uma profissão que escolheu por vontade própria e tem sido muito gratificante.

No dia 9 de junho é comemorado o Dia do Porteiro, que são profissionais queridos pelas pessoas que moram em apartamento, condomínios ou edifícios comercias. Ele é o grande responsável pela segurança, além de ajudar os condôminos muitas das vezes com suas compras, correspondências e pequenos afazeres.

O porteiro é essencial em condomínios, pois é ele quem controla a entrada e saída de pessoas, por isso mesmo muitos acreditam que a data deveria ser celebrada em 29 de junho, pois é o dia de São Pedro, santo conhecido como “Porteiro do Céu”.

O cravinhense Sebastião Silvestre Moraes Filho, 54 anos, trabalha no ramo há mais de 10 anos, uma profissão que escolheu por vontade própria e tem sido muito gratificante para seu crescimento pessoal e profissional.
Sebastião começou a trabalhar através de uma empresa terceirizada em condomínios, mas atualmente trabalha por conta própria em um condomínio na cidade de Ribeirão Preto, onde realiza o trabalho de administração na portaria, cuidando assim de toda a rotina do prédio.

“Encontrei-me nesta profissão, cheguei a trabalhar em outros lugares, mas me encontrei na área em que atualmente trabalho e sou muito grato por todos que me ajudaram até aqui”, diz Sebastião Silvestre.

Por saber a rotina de todas as pessoas que saem e entram no condomínio muitos lhe perguntam sobre a vida alheia, como por exemplo, quem está saindo com quem ou se uma determinada pessoa está trabalhando em uma grande empresa. Entretanto ao porteiro cabe fingir que não vê e não escuta nada.

“Escuto muitas histórias, as pessoas chegam e ficam me perguntando curiosidades da vida alheia, mas não passo informações. Tem perguntas mais frequentes que são: quem se mudou? Quem está paquerando quem? Mas procuro manter o sigilo e não tiro a curiosidade dos condôminos”, sorri Sebastião.

O porteiro disse que as portarias de condomínios possuem circuito de segurança, onde colocam câmeras para a segurança dos moradores, sendo assim, os porteiros acabam por saber alguns hábitos de moradores, como por exemplo, horários que saem e chegam e os hábitos alimentares participando assim de uma maneira direta do cotidiano do morador.
“Preciso ter uma postura muito profissional, ao mesmo tempo que vejo as coisas tenho que fingir que não vi. O papel do porteiro é verificar irregularidades e ajudar os condôminos, sempre com uma ética profissional impecável, pois em todos esses anos de carreira profissional, escutei inúmeras histórias”, conta o cravinhense.
Sebastião contou que a profissão possibilitou a ele um grande conhecimento, umas vez que o condomínio em que trabalha vivem 60 famílias, pessoas com hábitos diferentes, de várias regiões do país e por isso culturas diversificadas, proporcionando assim um conhecimento muito grande.

“Ser porteiro é uma profissão de grande responsabilidade, pois deve passar e mostrar confiança aos condôminos. O mercado tem crescido a cada dia, mas se exige muita qualificação, atualmente a pessoa deve ter no mínimo o Ensino Médio completo e noções básicas de informática, de brigada de incêndio, entre outros”, conclui o porteiro.
Com o aumento de compras e vendas pela internet, o volume nas portarias tem aumentado e a relação do porteiro com os condôminos tem de ser ainda mais amigável.

Reportagem: Jamila Grecco
Fonte: A Tribuna Regional

Portal Curitiba

Endereço: Rua Riachuelo, 31, Cj 1201, Centro - CEP: 80020-250

Tel/Fax: (41) 3322-5885

E-mail: contato@portalcobrancas.com.br


Portal Canoas

Endereço: Rua Domingos Martins, 261, Sala 202, Centro - Canoas - RS

Tel/Fax: (51) 3032-4099

E-mail: contato@portalcobrancas.com.br

Portal Salvador

Endereço: Rua Alceu Amoroso Lima, 470, 11º andar, conj. 1106. CEP: 41820-770

Tel/Fax: (71) 3342-0867

E-mail: contatosalvador@portalcobrancas.com.br

Desenvolvido por Seens Tecnologia da Informação