Curitiba: 41 3322-5885 | Canoas: 51 3286-0019 | Salvador: 71 3342-0867
Dengue: veja como montar uma armadilha caseira

Aprenda uma armadilha caseira para se livrar do Aedes aegypti, o mosquito transmissor da dengue

Você sabia?

· O mosquito adulto vive de 1 a 2 meses
· A fêmea põe cerca de 400 ovos ao longo da vida
· Em uma única vez, pode depositar de 30 a 50 ovos
· Cada mosquito em forma de ovo sobrevive por até 2 anos, mesmo longe da água

Passo a passo

1. Use tesoura para cortar uma garrafa pet grande em duas partes. Para ficar mais fácil, amasse a garrafa até obter uma dobra e, só então, perfure o plástico e corte os dois pedaços. Guarde o anel do lacre da tampinha.

2. Com uma lixa para madeira do tipo 220, lixe toda a superfície interna da parte superior da garrafa, aquela em forma de funil. Faça isso até o plástico ficar fosco e áspero. Essa será a tampa da sua armadilha.
3. Remova o anel do lacre da tampinha sem danificá-lo. Corte um pedaço de microtule – tem que ser micro mesmo, para bloquear a passagem das larvas – e use o anel para prendê-lo à boca do funil, empurrando até pelo menos a segunda volta da rosca.
4. Triture quatro sementes de alpiste ou uma pelota de ração para gatos, jogue no fundo da base da garrafa e coloque água. Os micróbios que ficam em volta dessas iscas vão se multiplicar e servir de alimento para as larvas.
5. Posicione o funil, com a boca para baixo, dentro da base da garrafa. Depois de encaixar as duas peças, use fita isolante para fixá-las. Certifique-se de que a estrutura foi realmente vedada.
6. Aumente o nível de água, procurando o ponto médio entre o topo da mosquitérica e a boca da garrafa. Marque essa altura com um pedaço de fita. Você terá que completar conforme o líquido for evaporando.
7. A mãe aegypti depositará seus ovos na parede da garrafa, logo acima da linha da água. Depois de uma semana, complete o líquido até o nível marcado – a partir de agora, você deve observar diariamente e acrescentar água quando necessário.
8. Em contato com a água, os ovos eclodirão. E as larvas, famintas, vão nadar até o fundo da garrafa, através do microtule. Depois de comer, crescer e atingir o estágio adulto, os insetos não conseguem mais passar pela rede e morrem afogados. Termina, assim, uma geração de mosquitos.

Importante

Para esvaziar a mosquitérica, derrame a água na terra do jardim e lave as peças da armadilha com detergente. Mas, antes de abrir, verifique se há algum mosquito vivo e agite a água para afogá-lo.
Fonte: Portal M de Mulher

Portal Curitiba

Endereço: Rua Riachuelo, 31, Cj 1201, Centro - CEP: 80020-250

Tel/Fax: (41) 3322-5885

E-mail: contato@portalcobrancas.com.br


Portal Canoas

Endereço: Rua Domingos Martins, 261, Sala 202, Centro - Canoas - RS

Tel/Fax: (51) 3032-4099

E-mail: contato@portalcobrancas.com.br

Portal Salvador

Endereço: Rua Alceu Amoroso Lima, 470, 11º andar, conj. 1106. CEP: 41820-770

Tel/Fax: (71) 3342-0867

E-mail: contatosalvador@portalcobrancas.com.br

Desenvolvido por Seens Tecnologia da Informação