Curitiba: 41 3322-5885 | Canoas: 51 3286-0019 | Salvador: 71 3342-0867
Redução em conta de energia pode influenciar na taxa de condomínio
Economia também pode ser revertida em gastos com benfeitorias nos prédios, afirma Sindicondomínio/DF

Os efeitos da redação só serão conhecidos em março.

No último dia 24, o governo federal anunciou redução da tarifa de energia de até 18% para consumidores domésticos; e de 32% para a indústria. De acordo com o Sindicato dos Condomínios Residenciais e Comerciais do Distrito Federal (Sindicondomínio/DF), a redução pode causar impacto no valor da taxa de condomínio.

“Se o condomínio estiver trabalhando o sistema de rateio de despesas mensal, poderá até ser um valor visível quando se fizer o rateio proporcional ao número de moradores”, explica o presidente do Sindicondomínio/DF, José Geraldo Pimentel. Ele afirma ainda que os síndicos precisam estar atentos para demonstrar a efetividade desta ação do governo. “Seria muito importante que o nosso segmento se organizasse para contribuir estatisticamente com os números que serão divulgados à imprensa. Exercemos um papel fundamental neste contexto”, complementa.

A redução da taxa de condomínio pode ser uma realidade, tendo em vista que o cálculo do valor da taxa é feito com base em todos os gastos ordinários do condomínio, divididos entre todos os condôminos. As despesas ordinárias são aquelas rotineiras, como pagamento dos funcionários, gastos com água, luz e gás, compra de material de limpeza, entre outros.

Os síndicos também podem reverter a economia na conta de energia em benefícios para os condôminos. “Pode haver por parte da administração um remanejamento de recursos, e quem sabe até beneficiar os condôminos com aplicação dos valores economizados em benfeitorias que possam ajudar a todos no convívio diário”, destaca Pimentel.

O Sindicondomínio/DF defende que as medidas adotadas pelo governo federal são de extrema importância para os edifícios. “Essas medidas terão impacto direto nos custos condominiais. O sindicato recomenda aos síndicos e condôminos que procurem avaliar os resultados financeiros obtidos e que, a partir deles, possam dar uma melhor destinação aos recursos que até então estavam comprometidos com esse tipo de gasto”, recomenda Pimentel.

Redução no DF – No Distrito Federal, os consumidores já começaram a receber a fatura de energia com redução da tarifa em 18,11% para residências e imóveis comerciais, e de até 32% para indústrias. A Companhia Elétrica de Brasília informou que a energia consumida a partir do dia 24 de janeiro, data que passou a vigorar o desconto, terá o ajuste. O desconto integral chegará ao consumidor na fatura a ser paga no mês de março.

Fonte: Vitrine Capital

Portal Curitiba

Endereço: Rua Riachuelo, 31, Cj 1201, Centro - CEP: 80020-250

Tel/Fax: (41) 3322-5885

E-mail: contato@portalcobrancas.com.br


Portal Canoas

Endereço: Rua Domingos Martins, 261, Sala 202, Centro - Canoas - RS

Tel/Fax: (51) 3032-4099

E-mail: contato@portalcobrancas.com.br

Portal Salvador

Endereço: Rua Alceu Amoroso Lima, 470, 11º andar, conj. 1106. CEP: 41820-770

Tel/Fax: (71) 3342-0867

E-mail: contatosalvador@portalcobrancas.com.br

Desenvolvido por Seens Tecnologia da Informação