Curitiba: 41 3322-5885 | Canoas: 51 3286-0019 | Salvador: 71 3342-0867
Síndico precisa de qualificação

O perfil dos novos candidatos a síndico mudou. Eles têm procurado se especializar e se formar em gestão de condomínios, para tornar o trabalho melhor e formalizar a categoria.

[credito=Foto: Divulgação]

Administrar um condomínio nem sempre é uma tarefa fácil. Por muitos anos, o modelo de síndico foi representado por um profissional aposentado, geralmente de meia-idade e com “tempo de sobra” para resolver todo e qualquer problema do prédio. Com o passar do tempo, muita coisa mudou. Atualmente, o modelo de gestão dos condomínios residenciais e comerciais exige que os síndicos tenham qualificações específicas antes de assumir o cargo. Os maiores problemas que ocorrem nesta área têm fortes ligações com a falta de experiência na gestão condominial.

A diretora de Educação e Meio Ambiente do Sindicondomínio, Landejaine Maccori, afirma que o requisito principal para ser um bom síndico é a qualificação. “O gerenciamento de condomínios é uma missão que exige elevado senso humano, portanto, o profissional precisa ter conhecimentos em áreas específicas, como manutenção predial, eventos, psicologia, sustentabilidade ambiental, dentre outros”, afirma a diretora. O trabalho do síndico tem como objetivo fazer com que os serviços do condomínio funcionem adequadamente e garantam a satisfação e a qualidade de vida dos condôminos, locatários, moradores, e usuários dos condomínios tanto residenciais, quanto comerciais ou centros de vendas.

O porta-voz da construtora EBM, Ênio Almeida, também defende e ressalta a importância da qualificação dos síndicos. “Os condomínios devem contratar uma empresa com síndicos especializados e capacitados para assumir as responsabilidades da gestão condominial. É muita responsabilidade incumbir apenas ao morador determinadas atribuições – que podem gerar inclusive, um conflito de interesses”, diz. A gestão de um condomínio anseia por obter resultados no complexo do sistema das relações sociais, culturais e jurídicas sem transgredir a lógica das categorias técnicas, em que o valor principal é o reconhecimento da dignidade da vida humana.

Um síndico bem capacitado sabe que as crianças, gestantes, idosos e portadores de necessidades especiais devem ser acolhidos na sua fragilidade e dependência. É importante que a liberdade e privacidade do indivíduo seja respeitada. Os limites devem ser impostos para todos, com base na convenção do condomínio. “É essencial a existência de um espaço para discutir o enfrentamento de opiniões conflitivas de forma democrática e integrativa, ou seja, em que todos saem ganhando”, afirma Landejaine.

Landejaine Maccori diz que um dos requisitos para ser síndico é ter qualificação

Foto: Rúbio Guimarães/CedocLandejaine Maccori diz que um dos requisitos para ser síndico é ter qualificação

Capacitação necessária

A capacitação de um síndico é, de fato, necessária para uma boa administração no condomínio. As novas tendências mundiais apontam para a valorização da vida humana e sustentabilidade do planeta. O mercado exige cada vez mais a presença de empreendedores e gestores qualificados que possam estar à frente dos condomínios residenciais e comerciais. Segundo Landejaine este fator ocorre em função das novas tendências mundiais que levam as pessoas a se agruparem em condomínios, pois lhe garantem melhor qualidade de vida, segurança física e patrimonial dentre outros fatores.
Mediante o cenário imobiliário atual,  o Sindicondomío-DF em parceria com o Centro Universitário do Distrito Federal (UDF) oferece o primeiro curso superior de tecnologia em gestão de condomínios. O curso básico é ofertado pelo sindicato há cerca de 10 anos com ênfase em extensão universitária de qualificação de agentes condominiais.  O objetivo é implementar cursos de pós-graduação em direito condominial e facility fanagement, no qual o aluno aprende a implementar, aprimorar e oferecer dentro da linha de gerenciamento fácil e inteligente um gestor dinâmico, empreendedor, inovador e coerente com as necessidades do mundo globalizado.
O percurso temporal das aulas totaliza 1.600 horas sendo integralizadas no período de dois a três anos. No decorrer do curso também apresentam-se duas certificações intermediárias, ou seja, mesmo com os cursos em andamento o aluno já pode engajar-se ao mercado de trabalho. A pós-graduação têm duração de aproximadamente um ano e meio, já os cursos básicos de extensão universitária duram cerca de dois meses.

Como ser um bom síndico
•    Despesas – entenda como funcionam as despesas do condomínio, já que 90% dos gastos estão relacionados a pagamentos de funcionários, taxas de água, luz e contratos de conservação e manutenção.
•    Documentos – guarde-os de forma permanente: cartão de CNPJ, atas, convenções, plantas, processos trabalhistas e prontuários de funcionários. Por segurança, alguns devem ser arquivados por períodos que superam uma década.
•    Segurança – mantenha os seguros obrigatórios exigidos por lei contratados, como os que cobrem danos estruturais, incêndio, raios, explosão, rede elétrica, vendaval e impacto de veículos.
•    Finanças – conheça a situação financeira do edifício através de relatórios sobre arrecadação, inadimplência e gestão financeira. Mantenha o diálogo, seja flexível quando o regimento permitir e fique de olho na prestação de contas.
•    Leis – conheça as regras do novo Código Civil, leis trabalhistas e obrigações contábeis e fiscais. Se precisar, peça a ajuda de um profissional do ramo jurídico para esclarecer dúvidas sobre vários assuntos do condomínio.
•    Metas – estabeleça um plano de atividades com prazos definido (pode ser com a administradora). O bom relacionamento entre o síndico e a administradora é vital para uma boa gestão.

 

Fonte: Mais Comuninade

Portal Curitiba

Endereço: Rua Riachuelo, 31, Cj 1201, Centro - CEP: 80020-250

Tel/Fax: (41) 3322-5885

E-mail: contato@portalcobrancas.com.br


Portal Canoas

Endereço: Rua Domingos Martins, 261, Sala 202, Centro - Canoas - RS

Tel/Fax: (51) 3032-4099

E-mail: contato@portalcobrancas.com.br

Portal Salvador

Endereço: Rua Alceu Amoroso Lima, 470, 11º andar, conj. 1106. CEP: 41820-770

Tel/Fax: (71) 3342-0867

E-mail: contatosalvador@portalcobrancas.com.br

Desenvolvido por Seens Tecnologia da Informação