Curitiba: 41 3322-5885 | Canoas: 51 3286-0019 | Salvador: 71 3342-0867
Sorteio de vagas

Pauta é certeza de assembleia cheia.

Sorteio de vagas

Se geralmente a reclamação é a de que as assembleias são sempre vazias, quando o assunto é sorteio de vagas, as coisas mudam um pouco de figura. Nada enche mais as cadeiras de uma assembleia do que vagas de garagem.

Justamente por isso, a assembleia deve ser bem preparada. Desde a convocação deve estar escrito claramente que ocorrerá a escolha pelas vagas. E para evitar problemas, o ideal é uma convocação protocolada.

Em condomínios onde as vagas não são fixas, é na convenção onde geralmente está estipulada a periodicidade em que deverá ser realizada a mudança. Vale lembrar que inadimplentes não podem participar dessa assembleia – o recomendado é que nem estejam presentes.

Também na convenção deve estar previsto o critério do sorteio, o que deverá ser seguido. Caso o documento seja omisso em relação ao tema, o SíndicoNet preparou um pequeno guia de como o sorteio pode ser feito.

Antes da assembleia

Ainda sobre a convocação, caso haja possibilidade da assembleia decidir pelo uso de manobristas –sejam funcionários próprios do condomínio ou terceirizados – isso também deve estar discriminado na convocação.

Outra medida a ser tomada antes da reunião é um levantamento sobre a quantidade exata de vagas e automóveis no condomínio, assim como seus tamanhos – variam entre pequenos, médios e grandes. Também se deve saber a quantas vagas cada unidade têm direito. Vale também verificar se a cobertura tem direito a mais vagas.

Em casos onde há problema de espaço ou falta de vagas, uma alternativa pode ser a contratação de serviços ou arquitetos especializados em redesenhar a disposição das vagas nas garagens. Em muitos casos é possível ganhar mais espaço e até vagas.

Também é importante saber quantos idosos e pessoas com necessidades especiais existem no condomínio. Geralmente nesse grupo se inclui, por liberalidade de cada condomínio, médicos que necessitem sair rapidamente e pessoas com dificuldades para manobrar seus veículos. Para esses, geralmente são destinadas vagas maiores, para que os cadeirantes consigam abrir a porta do carro totalmente, por exemplo – e mais perto dos elevadores e/ou de suas torres.

Na assembleia

É importante que seja seguido o que consta na convenção do empreendimento. Caso não haja previsão sobre o assunto, um sistema prático e transparente para sorteio, principalmente quando o condomínio é composto por diversas torres é necessário.

Nesses casos, o mais comum é mapear as vagas mais próximas a cada torre, e sortear nessa área os condôminos daquela torre. Assim, formam-se grupos para sortear os espaços menores – e para evitar que um morador da torre A estacione no final da torre D.

O ideal é que no momento de escolha das vagas, o tamanho dos carros dos moradores seja levado em conta. Assim, alguém com carro grande ficará com uma vaga grande ou média, caso não haja mais espaços grandes. Alguém com carro médio, uma vaga média ou pequena. E os automóveis pequenos, uma vaga pequena.  Daí a importância de se ter levantado essas informações previamente.

O problema acontece principalmente quando há vagas presas e as unidades têm direito a apenas um espaço para o carro. Nesse caso, o ideal é trocar a chave com quem ficou com a vaga solta. A medida é controversa e muitos moradores se ressentem de deixar a  chave de seu automóvel com seu vizinho. Caso o morador realmente não queira disponibilizar a chave, deve se comprometer a descer prontamente quando o vizinho precisar sair.

Quando porém cada unidade tem direito a duas vagas, e houver vagas presas, a assembleia pode sortear duas vagas juntas – uma solta e uma presa – assim os desgastes entre os vizinhos diminuem bastante.

Também é importante saber se há vagas cobertas ou não. Nesses casos, se as unidades tiverem mais de uma vaga, pelo menos uma deve ser descoberta.

Tendo em consideração as vagas agrupadas em cada torre, uma ordem de critérios que pode ser  utilizada é:

O síndico ou representante da administradora deverá fazer uma planta das vagas após o sorteio.

Após a assembleia

Antes de mandar a nova planta para todos os moradores, pode-se esperar cerca de uma semana para que os mesmos, caso desejem mudar de vagas entre si o façam, de livre e espontânea vontade – e por escrito. Dessa forma, o uso das vagas fica  referendado e a planta de uso da garagem fica sempre organizada.

Fonte: SindicoNet

Portal Curitiba

Endereço: Rua Riachuelo, 31, Cj 1201, Centro - CEP: 80020-250

Tel/Fax: (41) 3322-5885

E-mail: contato@portalcobrancas.com.br


Portal Canoas

Endereço: Rua Domingos Martins, 261, Sala 202, Centro - Canoas - RS

Tel/Fax: (51) 3032-4099

E-mail: contato@portalcobrancas.com.br

Portal Salvador

Endereço: Rua Alceu Amoroso Lima, 470, 11º andar, conj. 1106. CEP: 41820-770

Tel/Fax: (71) 3342-0867

E-mail: contatosalvador@portalcobrancas.com.br

Desenvolvido por Seens Tecnologia da Informação